Unidade 01, seção 01 - O que é ciência?

Exercícios de fixação


Exercício 01

Consulte o texto da aula e utilize o seu caderno para reponder as seguintes perguntas:

  1. O que é ciência?
  2. Quando e onde apareceram os primeiros sinais do pensamento cientítico?
  3. Quando e onde nasceu a ciência moderna?
  4. Cite duas característica do pensamento científico.

1 - A ciência nada mais é que uma forma sistemática, organizada de obtenção de conhecimento sobre o mundo. Esse conhecimento é condensado e refinado na forma de leis e teorias que podem ser testadas.


2 - Eles apareceram entre os filosofos gregos da antiguidade da cidade de Mileto. As características principais desse tipo de pensamento é a procura por princípios gerais sobre o funcionamento do mundo e o emprego da razão na procura por respostas.

3 - A ciência moderna nasceu na Europa nos anos finais da Idade Média.

4 - A ciência é uma tentativa de descrever o mundo real e o conhecimento científico é cumulativo.



Exercício 02

(Enem - 2014) A filosofia encontra-se escrita neste grande livro que continuamente se abre perante nossos olhos (isto é, o universo), que não se pode compreender antes de entender a língua e conhecer os caracteres com os quais está escrito. Ele está escrito em língua matemática, os caracteres são triângulos, circunferências e outras figuras geométricas, sem cujos meios é impossível entender humanamente as palavras; sem eles, vagamos perdidos dentro de um obscuro labirinto. GALILEI, G. O ensaiador. Os pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

No contexto da Revolução Científica do século XVII, assumir a posição de Galileu significava defender a:

  1. continuidade do vínculo entre ciência e fé dominante na Idade Média.
  2. necessidade de o estudo linguístico ser acompanhado do exame matemático.
  3. oposição da nova física quantitativa aos pressupostos da filosofia escolástica.
  4. importância da independência da investigação científica pretendida pela Igreja.
  5. inadequação da matemática para elaborar uma explicação racional da natureza.

Em grande parte dos casos a criação de novas teorias científicas se faz em oposição a teoria dominante naquele momento.

Os pensamento de estudiosos...


O pensamento de estudiosos como Galileu nasceu em oposição a física de Aristóteles que foi assumida pelo estudiosos chamados de Escoláticos (os professores universitários da época). Ele lutava pela utilização da matemática como linguagem e ferramenta a ser empregada no trabalho científico.

Lutava também pela justificação de suas teorias não pelo pensamento dos antigos, mas através da realização de experimentos (física quantitativa).

A opção correta é a da letra C.



Exercício 03

(UFF - 2009) O conceito de “Revolução Científica” envolve as novas concepções sobre a natureza e os métodos de investigação das ciências naturais que predominam a partir do século XVII. Assinale a opção que combina dois marcos da “Revolução Científica”.

  1. - A teoria da evolução, de Charles Darwin, e o desenvolvimento da tabela periódica dos elementos, por Dmitri Mendeleev.
  2. - A teoria do eletromagnetismo, de James Clerk Maxwell, e as leis da hereditariedade, de Gregor Mendel.
  3. - A teoria geocêntrica de Ptolomeu e o teorema de Pitágoras.
  4. - A teoria atomística de Demócrito e a medicina científica de Hipócrates.
  5. - A teoria heliocêntrica de Nicolau Copérnico e a lei da gravitação universal, de Isaac Newton.

Na época em que a ciência nasceu, duas questões que dominavam o pensamento dos estudiosos, entre eles Copérnico e Galileu: a Cosmologia e a teoria do movimento dos corpos materiais.


Copérnico propôs a teoria em que os planetas giram em torno do sol em oposição a Aristóteles, em cuja teoria as órbitas se dão em torno da Terra. Essa teoria passou por vários desenvolvimentos até ser completada pelo trabalho de Newton sobre a Gravitação universal.

A opção correta é a da letra E.



Exercício 04

(FUVEST) - O tema “teoria da evolução” tem provocado debates em certos locais dos Estados Unidos da América, com algumas entidades contestando seu ensino nas escolas. Nos últimos tempos, a polêmica está centrada no termo teoria que, no entanto, tem significado bem definido para os cientistas. Sob o ponto de vista da ciência, teoria é:

  1. sinônimo de lei científica, que descreve regularidades de fenômenos naturais, mas não permite fazer previsões sobre eles.
  2. sinônimo de hipótese, ou seja, uma suposição ainda sem comprovação experimental.
  3. uma ideia sem base em observação e experimentação, que usa o senso comum para explicar fatos do cotidiano.
  4. uma ideia, apoiada no conhecimento científico, que tenta explicar fenômenos naturais relacionados, permitindo fazer previsões sobre eles.
  5. uma ideia, apoiada pelo conhecimento científico, que, de tão comprovada pelos cientistas, já é considerada uma verdade incontestável.

Nas conversas diárias quando afirmamos: Isto é apenas uma teoria!, na maioria das situações queremos dizer que isto é apenas um palpite.

Para a ciência a palavra assume outro...


Para a ciência a palavra assume outro significado.

Em ciência, quando queremos nos referir a uma ideia que ainda não tem nenhuma comprovação usamos a palavra hipótese.

Quando uma ideia assume o "status" de teoria é porque ela já recebeu comprovação vinda dos experimentos.

A ciência não trabalha com "verdades incontestáveis". Um teoria é o que, na ciência, está mais próximo de "verdade". Na ciência, entretanto, uma teoria está destinada a ser substituida ou modificada por outra teoria.

Uma lei científica, por sua vez, deve ser capaz de oferecer previsões sobre fenômenos futuros.

A opção correta é a letra D.







  Voltar para página anterior